T.N.T

T.N.T

AIR SOFT CLUBE
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Este o novo site do CLUBE T.N.T., aqui pode encontrar toda a informação da equipa T.N.T. de uma forma mais dinamica! http://t-n-t-airsoft-clube.webnode.pt/

Compartilhe | 
 

 Rescaldo Operação“Forty Days in October – The Cuban Missile Crisis” 17/7/2011

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
T.L.OLIMPO
Admin
avatar

Mensagens : 1273
Data de inscrição : 04/05/2011
Idade : 43
Localização : ALGUEIRÃO CITY-SINTRA

MensagemAssunto: Rescaldo Operação“Forty Days in October – The Cuban Missile Crisis” 17/7/2011    Seg Jul 18, 2011 11:48 am

07:40 estava a chegar as bombas da BP no IC20 para ir ter com o recruta Tozecas!
Comigo estava o SIDINEI dos S.A.R.

Chegamos ao campo dos T.A.G. para um jogo que previa ser concorrido devido ao numero de jogadores e equipas.

Ficamos colocados na Facção CUBANA com mais 4 equipas- Os Renegados,os BLACK OPS,os I.A.,os C.O.R.E.,e os THE UNIT
Depois do brifing e da distribuição das caixas para transporte dos misseis,deslocamo-nos para a nossa Base para a escolha de um
Team-Lider e defenir estratégia para o jogo.
O objectivo era capturar o maior numero de misseis distribuido no terreno,e no final uma mala com os codigos de lançamento dos mesmos.
De inicio coube ao recruta tozecas mostrar o espirito de grupo existente e incentivado nos T.N.T. ao fazer parte da equipa de transporte da mala,mas logo foi decidido que seriamos mais uteis em fazer missão de reconhecimento pelo que reagrupamos e junto com o Sidinei entramos mato a dentro para observação.
Fizemos uma progressão dificil numa encosta densa e com bastantes SILVAS...Depois de termos observado as movimentações inimigas e contornado as suas posições,chegamos a uma linha avançada junto a base Russa.
O desempenho dos 3 elementos foi notavel,onde se aproveitou para treinar as tecnicas de camuflagem,sinalização e comonicação por radio.
Estivemos sempre focados no objectivo e o recruta tozecas mostrou já evolução na sua aprendizagem em deslocação no terreno.
Foi-lhe pedido que tomasse a frente do pelotão de maneira a que ele tivesse contacto com esta posição e apure a sua tecnica de reconhecimento.
Deparamo-nos com uma encosta dificil e devido a sua maior experiencia,foi decidido que o sidinei iria a fazer o reconhecimento da mesma.
Ao subir a encosta foi abatido pelo inimigo que se encontrava no topo e ao qual o recruta tozecas nada pode fazer sendo ele tambem abatido de seguida.
Fui obrigado a recuar para não denunciar a minha posição e vendo-me sozinha e com os dois elementos abatidos tive de mudar de estrategia.
Ao voltar para traz identifiquei movimento na minha zona e ao tentar identificar a equipa que se aproximava,fui alvo de fogo cerrado de supressora..imediatamente repostei e mudei de novo de posição ficando encurralado pelas duas equipas..
Com a sequnda equipa a tentar localizar-me fui obrigado a esconder e tentar não ser capturado..ao aproximar dos perseguidores e depois de deixar passar 3 elementos é que reparei que tinha sido alvo de fogo amigo e então identifiquei-me.
Apos relatar a posição inimiga a equipa amiga agora junto de mim,continuei a mover-me no terreno para a base russa.
Neste momento estava a espera que os elementos que tinham sido abatidos se reagrupassem apos o respawn mas nessa altura o jogo foi dado como terminado pela organização tendo uma facção capturado a malada de codigos.
Foi na minha opinião um jogo muito util para treino,onde pudemos experienciar varios cenarios e aperfeiçoar o trabalho em equipa.
Manha bem passada e que valeu bem a pena.
Na minha opinião os temas ainda a ser mais trabalhados serão a habituação do trabalho em equipa,sinalização e fogo sobe pressão.

OLIMPO
T.N.T.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tntairsoft.forumeiros.com
S.L.Tozecas

avatar

Mensagens : 1386
Data de inscrição : 18/06/2011
Idade : 43
Localização : Odivelas

MensagemAssunto: Re: Rescaldo Operação“Forty Days in October – The Cuban Missile Crisis” 17/7/2011    Ter Jul 19, 2011 7:31 am

Mais um dia em cheio,

A história do jogo estava bem pensada, com três fações em jogo para "apimentar" a coisa, o jogo obrigava os intervenientes a mostrar os seus dotes de orientação para recuperar os mísseis. O terreno de jogo com características bastante variadas, com partes planas, subidas inclinadas, clareiras, mato denso e caminhos abertos, enfim, excelente para treinar todas as técnicas de progressão no terreno.

A nossa equipa ficou na fação dos cubanos. O facto dos mísseis terem de ser extraídos dentro de uma caixa por dois homens, obrigou a um grande trabalho de equipa, com várias patrulhas dispersas pelo terreno tentando descobri-los e reportando a sua localização à base, para serem depois extraídos (tarefa que, a certa altura, e durante algum tempo, me coube a mim em conjunto com outros camaradas).

A extração dos mísseis:

Aquilo é que foi correr, cada vez que recebíamos uma mensagem lá íamos nós até ao local onde estava o míssil. Foi escorregar até ao fundo da colina, atravessar o mato a correr até ao local e voltar, da mesma forma, até à base. Só aí é que dava para recuperar o fôlego (e retirar os picos do corpo).

Progressão até à base inimiga:

(Esta foi a minha parte favorita)

Foi constituída uma patrulha de reconhecimento formada por mim, pelo Sidinei e pelo Olimpo e lá avançámos, mato dentro, até às linhas inimigas onde observámos as suas movimentações. Devido à variedade de obstáculos (mato muito e pouco denso, caminhos e clareiras) treinámos todo o tipo de técnicas, avançámos lentamente e com muita cautela, até chegarmos a uma clareira, com uma subida íngreme, junto da base russa.

Nesta altura, como membro mais avançado da equipa, penso que cometi um erro. Deveria ter contornado a clareira em vez de avançarmos desprotegidos num espaço tão aberto. Aqui o Sidinei tomou a iniciativa e avançou atravessando a clareira e subindo a encosta ficando eu a cobrir as suas costas, enquanto o Olimpo cobria a retaguarda da coluna. Aqui cometi o erro mais básico e mais estúpido possível, enquanto o Sidinei subia a encosta vejo um russo a dirigir-se a ele. Devia ter aberto fogo logo, sem avisar ninguém, em vez de tentar avisar o Sidinei via rádio. O Sidinei tinha avançado bastante e estava e estava mesmo muito perto da base russa. O membro da equipa inimiga demonstrou um grande fair-play ao pedir (silenciosamente) a rendição do Sidinei em vez de disparar. Nesta altura fui detectado por outro membro da equipa inimiga e estando a uma distancia razoável abri fogo. Não atingi o alvo e fui abatido em seguida (outro erro meu, deveria ter recuado depois de falhar o tiro).

De destacar o desempenho do Olimpo que se viu sozinho dentro das linhas inimigas e conseguiu passar despercebido, tanto a russos, como a uma patrulha cubana, que deixou aproximar para verificar quem eram, revelando em seguida a sua posição.

No meu caso foi voltar até à base, fazer o respawn e voltar à equipa de extração dos mísseis até ao final do jogo.

Foram úteis as lições aprendidas, paguei pelos erros cometidos e podem crer que não volto a cometer os mesmos (lá irei cometendo outros).

Uma vez mais um agradecimento especial à minha equipa pelo conhecimento transmitido e pelas palavras de incentivo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Rescaldo Operação“Forty Days in October – The Cuban Missile Crisis” 17/7/2011
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Fanfic de Operação big hero (n sei muito mais lá vai . N me critiquem) by : Kaya Aghatie
» Várias Dúvidas: Haya x 675 x track days x altura x viagem
» Guarda Nacional Republicana - Operação MOTO 25 e 26 Maio
» Adventure Days By Touratech Portugal 2012
» Exército americano terá moto elétrica para operações especiais.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
T.N.T :: MARCAÇÕES DE JOGOS COM OS T.N.T :: MARCAÇÕES DE JOGOS COM OS T.N.T :: RESCALDOS DOS JOGOS-
Ir para: