T.N.T

T.N.T

AIR SOFT CLUBE
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Este o novo site do CLUBE T.N.T., aqui pode encontrar toda a informação da equipa T.N.T. de uma forma mais dinamica! http://t-n-t-airsoft-clube.webnode.pt/

Compartilhe | 
 

 Rescaldo da operação Midas 19 de Janeiro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
S.L.Tozecas

avatar

Mensagens : 1386
Data de inscrição : 18/06/2011
Idade : 43
Localização : Odivelas

MensagemAssunto: Rescaldo da operação Midas 19 de Janeiro   Seg Jan 20, 2014 11:38 am

Camaradas,

Fica aqui aberto o rescaldo da operação Midas. Digam de vossa justiça.

_________________
S.L. Tozecas.
T.N.T. Airsoft Team

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mo'Rack



Mensagens : 536
Data de inscrição : 18/01/2013
Idade : 30
Localização : Odivelas

MensagemAssunto: Re: Rescaldo da operação Midas 19 de Janeiro   Seg Jan 20, 2014 12:16 pm

Primeiro, começo por felicitar os camaradas GEPA, pela organização de um óptimo cenário de jogo, bem estruturado e com um bom enredo; mas também felicitar pelos seu sexto aniversário e espero que continuem a nos brindar com mais jogos do género.

Aos meus camaradas T.n.T, fizemos o nosso trabalho e aquilo que gostamos de fazer recon.

Quero também saudar os camaradas Esquadrão Táctico [ET] e Generation Kill [GK], malta 5 estrelas com quem partilhámos um dia bem passado de airsoft, bem como o excelente trabalho em nome da facção o que nos permitiu ficar colocados em segundo lugar da classificação.

Aos Band of Brothers por partilharem o seu campo e pela cooperação com os camaradas GEPA.

Os T.n.T. foram destacados para a facção Mercenários, juntamente com o ET e os GK, a qual tinha como líder de facção o XL do ET.
Uma vez no Quartel-General [QG] tínhamos missões à escolha mediante a compra e usando créditos iniciais que cada facção dispunha.
Fizemos a primeira compra de duas missões, dividimos a facção em duas partes para que cada uma fosse cumprir os dois objectivos de cada missão. Fomos avante em conjunto com os GK, o 1.º objectivo que nos foi dado era relativamente perto do QG e foi cumprido com sucesso. A cada objectivo cumprido, tínhamos que regressar sempre ao QG para fecharmos a missão(ões) em curso, e assim o fizemos.

Partímos de seguida para a segunda missão, este objectivo já era um pouco distante do QG, nunca andámos pelas picadas, optando sempre fazer o trajecto pelo mato, e isto compensou, porque já perto do objectivo desta missão vimos uma equipa inimiga à nossa frente. Uma vez que estávamos em inferioridade numérica, não era nossa intenção entrar em confronto directo, pelo que ficámos no mato à espera que o in. seguisse caminho, mas logo percebemos que procuravam o mesmo objectivo que nós, e assim foi, o in. acabara por encontrar a caixa que queríamos, mas prontamente e num acto de surpresa, eliminámos os dois homens que seguiam com a caixa conseguindo retirar-lhes a mesma. Enquanto uns seguiam prontamente para o QG com o objectivo, alguns de nós ficou para trás cobrindo a fuga do resto da nossa equipa e com sucesso.

Escolhemos mais duas missões, também concluídas com sucesso.
Na última tivemos confronto com outra equipa, ainda assim chegámos e conseguimos o objectivo.

Chegados ao QG, tínhamos apenas mais 10/12 minutos até ao final do jogo. Decidimos não arriscar em perder dinheiro pelo pouco tempo que tínhamos.

Bem haja a todos os presentes!


Última edição por mo´rack em Seg Jan 20, 2014 1:24 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.behance.net/josefonseca
S.L.Tozecas

avatar

Mensagens : 1386
Data de inscrição : 18/06/2011
Idade : 43
Localização : Odivelas

MensagemAssunto: Re: Rescaldo da operação Midas 19 de Janeiro   Seg Jan 20, 2014 12:26 pm

O jogo teve como ponto de partida o habitual enredo que os Gepa têm vindo a desenvolver neste primeiro jogo do ano e decorreu no terreno do Tora.

Duração do jogo: cerca de 7h.
Nº de jogadores: cerca de 100 elementos.

Desta vez existiam 5 fações que competiam entre si para tentar ganhar o maior número de pontos possível. Cada equipa tinha o seu QG, que não podia ser atacado, e existiam várias missões que, caso fossem cumpridas, dariam pontos, ou outros benefícios, às equipas que as conseguissem realizar. Cada missão só se considerava cumprida quando todos os elementos da equipa voltassem ao QG. Cada equipa tinha, à partida, 2000 pontos que gastaria na compra de missões e fitas de médico.

O jogo decorreu em formato de prova de orientação, com uso de carta militar e deslocação até à coordenada fornecida.

Por cada fação apenas existia um médico. Caso um jogador fosse eliminado poderia esperar pela ajuda do médico ou dirigir-se para a área de Respawn.

A nossa fação era constituída pelos Esquadrão Tático e pelo Generation Kill.

Começamos por comprar 2 missões, uma consistia na recolha de uma caixa recuperada de um avião abatido, a outra, na colocação de um aparelho junto de uma antena para transmissão de um código para forças amigáveis.

Dividimos a nossa fação em duas: nós e o GK procedemos para a segunda missão, enquanto os ET, tentariam cumprir a primeira.

Nesta fase, uma vez que a antena não estava muito longe da nossa base, apostámos na deslocação rápida pelo trilho até ao local, montamos perímetro, encontramos facilmente o aparelho e procedemos ao envio dos códigos sem oposição in.

Contactámos, em seguida, os ET que disseram para procedermos para o local da primeira missão. Desta vez, devido ao facto dos ET estarem em contacto com o in. decidimos proceder, com cautela, pelo mato de modo a não sermos detetados pelas outras equipas. Lá fomos, encosta acima até ao local indicado pela organização.

Fomos os primeiros a chegar e íamos procurar a caixa quando começam a chegar um número elevado de elementos in.. Mantivémo-nos escondidos no mato, a ver se eles se iam embora, no entanto, eles estavam à procura do mesmo objetivo. Assim que eles o encontraram caímos em cima deles e recuperámos a caixa, decidindo retirar em seguida. Enquanto retirávamos tivemos contacto com uma segunda fação e informação que teríamos uma terceira no nosso flanco esquerdo.

Tivemos de retirar para o caminho principal, pelo nosso flanco direito, onde os ET nos apoiaram, possibilitando assim chegar à nossa base em segurança.
A missão estava a correr bem: uma saída e duas missões cumpridas. Comprámos mais uma missão, tivemos a sorte de esta ser perto da nossa base, deslocámo-nos para o local, que estava ocupado pelo in. E tivemos de tomar o local para cumprir o objetivo. Desta vez nós, TNT, estivemos mais afastados do combate, pois estávamos a fazer a segurança na retaguarda para que a nossa fação pudesse regressar ao QG em segurança. Resultado: Mais uma missão cumprida.

Comprámos mais duas missões, uma consistia no contacto com um elemento de uma fação adversária, para lhe entregar um envelope, e outra na tomada de uma antiaérea, esta última bastante longe do nosso QG. Cumprimos a primeira e procedemos para tentar encontrar a segunda. Para evitar a detecção pelas fações contrárias decidimos progredir pelo mato durante a maior parte da progressão do caminho. Usámos partes do caminho que são menos usadas. Quando finalmente chgámos ao local tivémos contacto com o in. Seguiu-se um combate aguerrido acabando a nossa fação por capturar o objetivo.

Neste ponto estivemos a fazer a segurança no flanco direito, enquanto a fação tomava o objetivo. Aquando do contacto com a fação in. Eu e o Olimpo conseguimos infiltrarmos-nos na retaguarda da equipa contrária sem sermos detetádos. A ideia era eliminar uns elementos adversários que serviam de tampão e não estavam a deixar avançar as nossas forças. Entretanto o objetivo foi atingido pela nossa fação e procedemos à retirada para o QG. Está retirada foi longa e cheia de perigo porque éramos apenas 4 elementos e tínhamos de prosseguir rapidamente até à nossa base porque o jogo estava a chegar ao fim e ainda queríamos tentar fazer mais um ponto. Tivémos dois contactos com duas equipas in. Um deles não fomos detectados, no segundo optámos por forçar o contacto abatendo um in., mas sendo depois eliminados devido ao elevado número de in. Prosseguimos até ao QG para fazer o respawn e esperar os dois elementos restantes que faltavam.

Devido ao escasso tempo que tínhamos ,15m , já não valia a pena tentarmos atingir o último ponto.

Resta-me apenas dar os parabéns ao Gepa e aos Bob pelo bom jogo que, com tanta progressão se tornou muito cansativo, mas muito divertido. Quero também agradecer aos membros dos ET e dos GK pelo bom trabalho de equipa e pela colaboração.

Dou também os parabéns aos meus camaradas de equipa, que encararam os desafios encontrados no jogo de uma forma séria e mostraram grande empenho. Faço votos que os restantes mostrem a mesma dedicação, assim sendo faremos grandes coisas.


Grande abraço

_________________
S.L. Tozecas.
T.N.T. Airsoft Team



Última edição por S.L.Tozecas em Seg Jan 20, 2014 10:57 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
P.L.RAFA

avatar

Mensagens : 689
Data de inscrição : 24/06/2013
Idade : 28
Localização : Odivelas

MensagemAssunto: Re: Rescaldo da operação Midas 19 de Janeiro   Seg Jan 20, 2014 6:03 pm

A operação começou no nosso QG (Quartel General) após comprarmos 2 missões. Dividimos a facção em 2, 1 objectivo para cada parte, tendo nós ficado com os G.K. e seguido então em busca do 1º objectivo.

Como não estávamos muito longe do objectivo seguimos rapidamente pela picada e chegámos ao objectivo sem encontrar forças IN. Após isso dirigi-mo-nos ao 2º objectivo visto os E.T. estarem em confronto com IN. Seguimos pelo mato para evitar confronto e detecção, ao chegarmos perto do objectivo detectámos uma força IN a aproximar-se pelo que nos escondemos de modo a deixa-los passar e evitar contacto. Mantivemos olhos sobre eles, ao que parece estavam atrás do mesmo que nós e quando encontraram voltaram na nossa direcção onde os eliminámos, suprimimos fogo dos restantes elementos de modo a podermos retirar com o objectivo e assim o fizemos. Ao recuar depará-mo-nos com outros IN, voltámos outra vez atrás e ao que parece ainda havia outra frente com mais IN, cortámos novamente pelo mato, onde fomos ter com os E.T. que aguardavam a nossa chegada e nos deram apoio na nossa retirada. Chegámos ao GQ sem mais incidentes, dando ambas as missões por terminadas.

Comprámos nova missão, cujo objectivo estava relativamente perto e que conseguimos atingir e, voltar ao GQ sem incidentes.

As 2 seguintes missões consistiam em entregar um envelope a um elemento de outra facção e tomar uma antiaérea, esta ultima encontrava-se na LZ, no outro lado do terreno. Progredimos sempre pelo mato sem sermos detectados, e já perto do objectivo houve contacto com uma facção IN. Ambas as partes sofreram baixas mas conseguimos cumprir o nosso objectivo e regressar à GQ.

Não comprámos mais nenhum missão a partir daqui pois já só faltavam 12 minutos para terminar o jogo e não queríamos correr o risco de perder créditos a comprar que depois podíamos não ter tempo de recuperar. Terminando assim o jogo.

Parabéns aos GEPA pelo aniversário e jogo muito interessante e bem planeado. Pessoalmente acho que foi uma manhã/tarde muito bem passada ao lado dos E.T. e G.K., assim como das restantes equipas pois, apesar de muitos jogadores, o ambiente foi impecável.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
T.L.OLIMPO
Admin
avatar

Mensagens : 1273
Data de inscrição : 04/05/2011
Idade : 43
Localização : ALGUEIRÃO CITY-SINTRA

MensagemAssunto: Rescaldo OP.MIDAS DIA 19 JANEIRO SINTRA   Seg Jan 20, 2014 7:45 pm

Visto já muito se ter dito sobre o jogo onde estivemos presentes e sobre a sua história, irei focar o meu rescaldo no desempenho da nossa equipa, e na forma como a nossa facção geriu o jogo e missões que nos foram atribuidas!

Começo pelo bom trabalho ao desenvolver uma história, que atribui ao jogador, a maneira como o jogo se irá desenrrolar, e o facto de as missões serem apenas conhecidas no local e no momento. Isso a meu ver, cria um factor de adaptalidade a que grande parte dos jogadores, não esta acostumado.

Ficando ao lado do Esquadrão Táctico e dos GENERACION KILL, sabia que o o jogo iria ser bem ao meu gosto, pela postura que estas equipas tem em campo e que se comprovou. A pedido do lider de equipa ( ARTILHEIRO XL dos ET), fomos abrindo caminho e reconhecendo terreno, com os operacionais dos GK a dar um fantástico apoio e quase sempre a frente,cabendo aos T.N.T. a missão de orientação, visto conhecermos bem o terreno e as qualidades do nosso navegador S.L.TOZECAS.

A primeira missão foi mais de adaptação e de "entrar no jogo", ficando os T.N.T. e os GK encarregues de recuperar um código, mas que serviu também para ver que a parceria T.N.T. e GK, seria muito benéfica.

A segunda missão foi a meu ver a mais bem sucedida e onde o espirito de equipa e o sentido de missão, esteve bem presente entre os T.N.T. e os GK.
Progredimos até ao ponto indicado pelas coordenadas da missão, e ao subir a encosta, deparamos com o aproximar de uma equipa adversária e que se dirigia para o mesmo local que nós e com o mesmo objéctivo. Optamos por deixar passar sempre atentos as suas movimentações, e vimos que ao fim de alguns minutos, tinham obtido o objecto que também nós procuravamos. Mantivemos as posições e ao ver que apenas dois elementos procediam ao transporte do objecto sem proteção da restante equipa,abrimos fogo eliminado esses dois elementos e ficando assim em nossa posse o objecto, retirando de seguida, mas mantendo elementos a criar resistência a restante equipa adversária que ao ouvir o fogo, reagiu.

Conseguimos retirar em segurança, mas no caminho do nosso QG, deparamos com outra equipa que se cruzou no nosso caminho, tendo os GK reagido visto estarem a abrir o caminho no momento, mas sofrendo várias baixa, mas permitindo que o objectivo se mantive-se em segurança na nossa retaguarda. Para piorar a situação, ouvimos no rádio, que teriamos outra equipa a cortar a nossa fuga, tendo de criar alternativa ao percurso. Conseguimos pedir apoio a restante equipa, e chegar sobre escolta a nossa base, cumprindo assim mais uma missão.

Fizemos quase sempre o papel de recon ou ocupando o papel de frente da coluna, o que é algo que gostamos bastante de fazer.

Foi sem dúvida um dia muito bem passado, entre equipas com o mesmo gosto por este tipo de jogo.

A história estava muito bem montada,e o trabalho do GEPA foi reconhecido por todos os presentes.

Não posso deixar de referir a colaboração dos B.O.B ao ceder o seu campo e ajuda, permitindo deste modo que todos tivessem partilhado de um evento muito bem pensado!

_________________


T.L. Olimpo.
T.N.T. Airsoft Team


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tntairsoft.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Rescaldo da operação Midas 19 de Janeiro   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Rescaldo da operação Midas 19 de Janeiro
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Indicações para foto do mês de janeiro de 2012
» Dinamometro no Rio de Janeiro? ( Busca )
» PECAS RIO DE JANEIRO ONDE COMPRAR???
» Acidente Grave - Rio de Janeiro
» Tira grilos e ruídos internos, na cidade do Rio de Janeiro

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
T.N.T :: MARCAÇÕES DE JOGOS COM OS T.N.T :: MARCAÇÕES DE JOGOS COM OS T.N.T :: RESCALDOS DOS JOGOS-
Ir para: